Redes sociais são essenciais para o crescimento das startups!

Sim, não há como negar que as redes sociais se tornaram parte de nossos dias, desde meados de 2010. Utilizamos para tantas coisas, desde o entretenimento até para receber recomendações de produtos e serviços. Elas também se tornaram essenciais para o crescimento de startups.

Neste cenário, pequenas e grandes empresas também estão presentes. Todas tentando aumentar seus clientes e consolidar sua imagem no mercado. As startups não estão longe disso. Diversas delas, assim como o Nubank e Uber, tem marcado cada vez mais presença neste meio.

E mesmo quando pensamos em startups que ainda estão começando no mercado, a necessidade de utilizar essas ferramentas é imensa. Os benefícios são grandes, vamos te contar mais sobre eles hoje.

Porém, com a quantidade grande de redes sociais disponíveis, como escolher a melhor para a startup? Continue lendo para descobrir qual delas se encaixa melhor, os principais erros quando se trata do assunto. Boa leitura!

Redes sociais e crescimento das startups

Em primeiro lugar, vamos analisar alguns dados. Segundo a pesquisa da Comscore de 2019, o Brasil é o país que mais utiliza redes sociais na América Latina. São 88% da população que acessa o YouTube, Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat, Pinterest e LinkedIn.

Todavia, os dados, por serem de 2019, devem ter só aumentado nos últimos anos. Além disso, sem contar a imersão de novas redes como o TikTok. Ou seja, estas informações só demonstram a importância da presença digital para empresas.

Pense comigo: se a maior parte do Brasil e do mundo está conectado, mais a população pode conhecer uma startup por meio delas. Ou seja, com mais pessoas utilizando, é preciso ter cuidado com o que é postado para preservar a imagem da empresa.

Por isso, hoje além de investir na criação de um site e listas de e-mail, as redes sociais podem auxiliar muito na conquista de clientes. Conheça mais alguns dos benefícios de aplicar esta estratégia de marketing no seu negócio:

  • É mais em conta do que mídias tradicionais;
  • Maior assertividade em propagandas;
  • Fortalecimento da imagem da empresa;
  • Contato mais próximo com o público;
  • Aumento de vendas.

Como trabalhá-las?

A resposta é planejamento. Assim como criar uma empresa, há uma série de questionamentos que precisam ser esclarecidos antes de começar a trabalhar com redes sociais. Primeiramente, é preciso saber exatamente o seu objetivo. A sua startup quer ganhar visibilidade? Aumentar o número de clientes?

Sabendo qual é a sua meta, é mais fácil se organizar e criar uma estratégia certeira. Nesse sentido, é bom relembrar qual é a persona da empresa, aquele cliente em potencial.

Definindo quem é o público-alvo, uma série de respostas já são resolvidas. Por exemplo, dependendo da faixa etária é mais fácil de saber quais redes sociais o cliente estará presente.

Depois disso, é preciso pensar no que será postado e criar um calendário de publicações de acordo com o seu objetivo. Por fim, é necessário monitorar os resultados do trabalho da equipe.

Conheça as principais redes sociais atuais

Primeiramente, a escolha das redes sociais depende muito do público que a startup abranje. Todavia, é bom conhecer quais são as redes atuais e quais são os benefícios que elas podem trazer.

Facebook: Começamos a lista com a redes sociais mais utilizada no mundo. Ela é ótima para gerar novas oportunidades de venda.

LinkedIn: A maior rede social profissional é uma das mais necessárias para todas as empresas. Ajuda também no recrutamento de colaboradores e novas oportunidades de negócios.

Instagram: Além de postar fotos, há outros benefícios de se investir no Instagram. Possibilidades de criação de Stories, Reels, vendas.

Twitter: A marca do Twitter são os debates e opiniões. Além disso, fortalece o relacionamento com seguidores e posicionamento da empresa.

TikTok: Uma das que mais cresce atualmente, a rede trabalha com vídeos curtos. E diferente das outras, não necessita de um grande número de seguidores para conseguir visibilidade rápido.


Em conclusão, trabalhar redes sociais é imprescindível para o crescimento das startups que estão começando e se estabelecendo no mercado. Muitos são os benefícios, desde o ganho de visibilidade, aumento do número de clientes e contato com o público. Para ler mais textos como esse, acesse o blog da Online Applications clicando aqui.

Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Giovanna Concon (análise de redes sociais).

Share
Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Giovanna Concon (análise de redes sociais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *