Otimizando o ambiente de trabalho: O espaço!

Sabemos que o ambiente de trabalho engloba vários aspectos, entre eles, ergonomia, iluminação e organização. Mas, você sabia que há uma NR que regulamenta estes aspectos?
Continue a leitura e saiba mais sobre este assunto!

O que é ergonomia?

Primeiramente, você sabe o que é ergonomia?
Podemos a definir como: “Ciência que estuda a relação entre o homem e o trabalho que executa, procurando desenvolver uma integração perfeita entre as condições de trabalho, as capacidades e limitações físicas e psicológicas do trabalhador e a eficiência do sistema produtivo.”

Sendo simplistas, é possível dizer que: a ergonomia serve para garantir conforto, segurança e desempenho eficiente no ambiente de trabalho.

Sabendo da importância de se ter um ambiente correto, daremos algumas dicas em relação ao mobiliário, equipamentos, ambiente de trabalho e também a própria organização do trabalho:

Cadeiras inadequadas (sem regulagens de altura e braços e apoio da coluna etc.), mesas muito altas ou baixas são exemplos de falta de ergonomia.

Num primeiro momento geram um pouco de cansaço e dores musculares. Isso, por si só, já afetaria a produtividade, mas com o passar do tempo, pode gerar doenças crônicas o que resulta em afastamentos e licenças médicas. E, olha que esta abordagem está unilateral. Mas a velha máxima prevalece: “Negócio bom é quando é bom para todos!”.

Assim sendo, funcionário em ambiente adequado é mais feliz, além disso sente-se valorizado. E, com toda certeza, tem retorno positivo para empresa.

Faça o melhor que puder!

Há mobiliários para todos os gostos e bolsos. Porém, se pudermos dar uma dica, sem medo de errar, invista na cadeira, não precisa ser a ponta de linha do mercado, mas as cadeiras conhecidas como cadeiras para digitadores já garantem um bom suporte (pistão a gás no assento, braços com altura regulável e o apoio das costas que permita uma leve inclinação).

Pode ter um alto custo, mas em médio prazo impactará na produtividade significativamente e garantirá:

  • Correção da altura da pessoa em relação à mesa.
  • Os apoios para antebraços (desde que reguláveis) garantirão o apoio, se a mesa for pouco profunda.
    Você sabia que devemos ter os cotovelos apoiados enquanto digitamos?

Iluminação no ambiente de trabalho

Para falar em iluminação no ambiente de trabalho, temos que citar algumas das normas que tratam do assunto, para conhecimento:

NR-17: Estabelece parâmetros respeito a luminosidade no ambiente de trabalho;

NBR 5413: Referenciada na NR-17, trata sobre os valores recomendados para iluminância mínima em se tratando de iluminação artificial. Principalmente nos locais onde se realizam diversas atividades como:  esporte, comercio, indústria entre outros;

NBR 5382: Fixa o modo utilizado na verificação da iluminância de interiores.

A falta de iluminação, ou iluminação inadequada (amarela ou branca), também causam problemas e prejuízos. Pois quando temos uma quantidade de luz abaixo do necessário de certa forma “forçamos” a visão e quando forçada as pessoas sentem-se fatigadas e podem ter dores de cabeça. Por conseguinte, o excesso também pode ocasionar alguns desconfortos, como ofuscamento.

A iluminação natural é referência quando falamos em qualidade no ambiente de trabalho.

Dica: Medidas simples como, buscar lugares onde há uma boa quantidade de luz natural é o ideal, principalmente se temos as aberturas viradas para o sul. Como também mesas perto das janelas, e sempre perpendiculares a elas, para que não haja incidência do sol sobre as telas ou olhos. Seria o ideal, mas é a alternativa mais difícil, afinal iluminação natural é um luxo!

A quantidade certa de luz (iluminância, lux, lumens) e cor (temperatura: amarelas, brancas) das lâmpadas/iluminação, são garantidas por um bom projeto luminotécnico, que tem como condicionantes as atividades desenvolvidas no espaço determinado.

Curiosidade:

Somos seres diurnos. Somos programados para estarmos em pleno movimento quando o sol já está “alto”. Bem como no final do dia, há um processo de desacelerar natural. Então, se o espaço está mal iluminado, nossa cabeça entende que é o final do dia, e naturalmente ficamos mais lentos. Mas, quando a iluminação, reproduz os horários de maior intensidade solar, temos um pico de energia natural.

Organização do ambiente de trabalho

Falta de organização é um fator que atrapalha a produtividade, dificultando o foco no cumprimento de prazos e nas atividades propostas.

Sendo uma situação muito comum nas empresas. Portanto, adotar a política do 5S, é um ótimo ponto de partida!

*5S:
Senso de Utilização
Senso de Ordenação
Senso de Limpeza
Senso de Saúde
Senso de Disciplina

Esta medida trará mais agilidade e facilidade para todos. Quer saber mais sobre a metodologia 5S?
Acompanhe nosso próximo post!

E, se você quer uma forma ainda mais fácil para otimizar seu ambiente de trabalho, nós podemos te ajudar. Preparamos um infográfico com as melhores dicas para você colocar em prática e garantir ainda mais produtividade. Não perca tempo!

Baixar infográfico!

Torne sua empresa inteligente com Onbusca Smart!
www.onbusca.com

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *