Organização para aumentar a produtividade: 5 dicas de ouro!

De nada adianta sermos peritos em organização, mas não sabermos onde e quando desejamos chegar.

Precisamos de uma meta, uma direção. Diante disto, para termos produtividade, trabalhamos com um compêndio de valores, e nenhum é dispensável.

Então, como podemos aumentar a produtividade?

Há vários fatores que balizam está questão. Mas, neste texto, abordaremos o tempo, que junto a informação e organização é nosso bem mais precioso.

Lembra do artigo sobre gerenciamento de tempo? Aproveite-se dele para gerenciar as metas.
Afinal, não é porque conhecemos o Norte (direção) e os objetivos, que vamos abraçar o mundo.

Seja seletivo(a)!

Primeiramente, você deve ter em mente qual sua real aptidão. Geralmente é o que você mais gosta – dentro do seu trabalho – de fazer. E, vamos ser sinceros, é muito mais prazeroso fazer o que “sabemos fazer”.

Neste ponto, subimos um degrau. Porque o que “sabemos fazer”, executamos com melhor desempenho e num menor espaço de tempo.

Gerencie seus prazos!

De novo, esta não cansaremos de falar. Acima de tudo, vamos ser realistas ao estimar o tempo de execução das tarefas, e contabilizar uma margem de erro.
Nossas incumbências têm que ser executadas com um nível de pressão moderado, ou seja, nada de ficar de bobeira ou pressionar-se para produzir mais.

Entregar fora do prazo, pedir prazo extra e comprometer a qualidade, não são alternativas que devemos ter em mente, quando estabelecemos as datas de entrega. Logo, se não houver saída, entre negociar qualidade x prazo, escolha a qualidade.

Se reestruture, sempre!

Haja vista nossa dica anterior. Colocou em prática seu planejamento, e logo viu que o “negócio” não daria certo?

Se ligue aos sinais, como: as tarefas estão excedendo o tempo ou não estão de acordo com a “timeline” pré-estabelecida. Respire fundo, corrija o caminho ou faça um novo. Só não vale ficar insistindo em algo que não funciona, e assim perder tempo e motivação.  

Não queira “reinventar a roda”. Demande seu tempo em atividades que realmente sejam relevantes. E, se possível, simplifique o que puder. Não raro, seguimos um padrão antigo, que já não se adequa as nossas necessidades atuais. Mas isso é uma outra história, um outro post.

Avalie-se constantemente!

Com toda certeza, excesso de trabalho nem sempre indica alta produtividade (somente quando há um grande número de demandas). O planejamento para a organização está sendo seguido? Precisa reavaliar “os tempos”? Ou ainda, está faltando foco?

Antes que você se afogue num mar de afazeres, pare e avalie.

Tenha calma!

Se a tarefa for complexa ou exigir atenção, não querira deixar pronta de uma vez. 

Projetos precisam ser maturados, precisam de um novo olhar, uma nova perspectiva. Mesmo para comprovar que a ideia/solução inicial era a melhor.
Portanto, alterne tarefas, tome um café e reveja. Mas não faça disto um mote para ficar deixando tarefas inacabadas. Discernimento é essencial.

Perceba que os tópicos são encadeados, funcionam juntos!

Planejamento é a chave para alcançar metas e sonhos. Não dá para subir a escada começando do quinto degrau.

Sabemos que não resolveremos todos os seus percalços no trabalho. Tampouco temos esta pretensão. Contudo, acreditamos que estas dicas práticas e extremamente básicas, irão auxiliá-lo(a) no aumento da sua produtividade. E, provavelmente, com tempo sobrando.

Mas também temos outra opção que ajudará na sua organização, o Onbusca Smart. Essa solução garante toda a gestão de seus documentos fiscais, com recursos como busca e armazenamento automático. Não perca mais tempo, garanta a sua produtividade.

Clique e conheça Onbusca Smart!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *