Indústria 4.0: O diferencial que a sua empresa precisa

Muito se ouve falar da Indústria 4.0, mas afinal você sabe o que há por detrás desse conceito? Continue lendo e entenda!

Voltando no tempo

Se existe uma indústria 4.0, logo supomos, acertadamente, que há 3 antes desta.

Por isso, para quem não lembra das aulas de história do ensino médio, vamos a uma breve linha do tempo disponibilizada pelo site Só história:

1ª Revolução Industrial: Entre 1760 a 1860. Geograficamente limitada a Inglaterra.

Caracteriza-se pelo surgimento dos teares mecânicos e com isso as indústrias de tecido de algodão.

2ª Revolução Industrial: Entre 1860 a 1900. Além da Inglaterra, temos Estados Unidos, Alemanha, França, Rússia e Itália aderindo a era das máquinas.

Caracteriza-se pelo emprego do aço, a utilização da energia elétrica e combustíveis derivados do petróleo, como também pela invenção do motor a explosão, da locomotiva a vapor e o desenvolvimento de produtos químicos.

3ª Revolução Industrial: Século XX.  Caracteriza-se pelo surgimento/uso do computador, do fax. A engenharia genética e o celular seriam algumas das inovações dessa época.

A Indústria 4.0 de modo geral

Indústria 4.0, ou como também é denominada, 4ª Revolução Industrial, caracteriza-se por mais uma fase de mudanças nos meios de produção.

Logo, marcada pela junção de tudo que foi explorado nas anteriores, como: fatores físicos biológicos e digitais.

Em vista das variedades, são as inovações no mundo digital, o nosso foco.

Portanto, os principais destaques que essa nova Era traz para possibilitar essa revolução, são: Inteligência Artificial, Big Data, Manufatura Aditiva, Biologia Sintética e os Sistemas Ciber Físicos (CPS).

Desconhece essas novas tendências do mercado?
Não se preocupe, nós iremos apresentar cada uma delas a você em nossos próximos posts. Portanto, se atente!

A Indústria 4.0 de forma simplificada

Se focarmos na pergunta “O que é a Indústria 4.0?”, é simples e pode ser explicada de forma breve:

Trata-se da Nova Era da produção, onde a tecnologia é o principal atributo e conecta máquinas e homens, assim tem o objetivo de tornar os processos cada vez mais eficazes, ágeis e autossuficientes.

A importância da inovação: Os dados comprovam

Em 2018, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) realizou uma pesquisa entre empresas de grande, médio e pequeno porte, a respeito da Indústria 4.0.

Por conseguinte, o resultado obtido foi de que grande parte dos gestores, mais precisamente 32% dos entrevistados, nunca havia ouvido sobre esse conceito.

Mas e você, já havia?

Em vista disso, podemos pensar que fora dessa porcentagem, já há um elevado número de empresas inseridas nesse contexto.

Por isso, estar atento a inovação e implantá-la na empresa, tornou-se um diferencial de destaque no mercado.

Principalmente no século XXI, onde tudo é pautado através da tecnologia, é possível elevar você e sua empresa a outro patamar, estando a frente de muitos concorrentes.

Uma nova revolução não se inicia sem antes analisar todo o contexto que permeia a sociedade, por isso a 4.0 traz tudo que a empresa busca para otimizar o User eXperience (UX):

Benefícios para as empresas

  • Quanto mais tecnológico melhor!

Podemos concordar que isso é importante em sua empresa, mas também na sua vida pessoal.
Buscamos sempre o mais potente e inovador sistema ou equipamento, seja para melhorar processos de produção e/ou diminuir falhas, antes comuns.

Como também, para utilizar em nosso dia a dia, de forma a gastarmos menos: tempo, dinheiro, esforço físico ou mental.

  • Melhor performance!

Já faz um tempo que essa palavra ecoa pelo mercado e chama a atenção de gestores dos mais variados setores.

Dessa forma, podemos analisar que em eras anteriores. a tecnologia estava lá. Através da automatização de processos, mas será que seu desempenho era suficiente?

Não podemos afirmar que todas eram, e, por isso as tecnologias da Indústria 4.0 unindo todos os fatores essenciais, garantem a melhor performance.

Devido a análise sobre os três pilares: físico, biológico e digital, é possível operar otimizando e centralizando-os chegando num resultado melhor e completo.

  • Estar à frente do seu tempo!

Se a FIESP identificou em sua pesquisa que a Indústria 4.0 ainda não é tão presente nas empresas brasileiras, investir em recursos que ela proporciona, te fará estar à frente sim!
Ultrapassar a tecnologia oferecida por outras empresas, e levar ao seu usuário o que ninguém o apresentou ainda. Proporcionando-o uma nova experiência.

  • Sair do escuro!

O mercado, por muito tempo, foi pautado pela intuição do que e quando bens e serviços poderiam provavelmente ser consumidos.

Entretanto, notamos que cada vez mais as empresas sabem o que as pessoas querem consumir, e no momento exato!

Por exemplo: Quem nunca recebeu um cupom de desconto de empresas como iFood e Rappi bem na hora que a fome apertou?

Ou então, uma coisa que não é tão perceptível, você enviou uma mensagem via WhatsApp, dizendo que gostaria de adquirir um bem, e, quando abriu a rede social Facebook, lá está um anúncio do produto.

Esse poder de se basear em dados reais e entender o comportamento do consumidor, que a Indústria 4.0 favorece as empresas.

O impacto da Indústria 4.0

É fato que essa nova Era da produção vai causar muito impacto no mercado, nas empresas e principalmente na vida do consumidor.

Estima-se, que em 10 anos, todo a linha de produção e mercado, estejam totalmente inseridos no contexto da 4ª Revolução.

Portanto, ainda dá tempo de mudar a sua empresa e estar ligado a mais alta tecnologia, usufruindo dos benefícios citados, também da otimização de tempo, rotina e elaborando processos personalizados.

Pensando nisso, você poderá acompanhar nos próximos posts, cada um dos novos métodos tecnológicos e as alternativas para inseri-los em sua empresa!

A Online Applications quer levar a você conhecimento e conectividade!

Torne sua empresa mais inteligente com Online Applications!

www.onlineapp.com.br

Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Nathalia Andrade (análise de dados).

Share
Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Nathalia Andrade (análise de dados).