Afinal, você sabe o que é Compliance e sua importância para as empresas?

Talvez você não saiba como funciona o Compliance, mas certamente já ouviu falar desse termo.

Ele passou a ser muito presente no cotidiano dos empresários brasileiros e se tornou parte do vocabulário.

Por isso, é importante entender como essa simples palavra pode ser mágica em uma empresa, livrando-a de problemas legais e fiscais.  

O que é Compliance?


A palavra Compliance designou-se do termo em inglês “Comply”, que significa “agir em sintonia com as regras”.

Na esfera corporativa, podemos definir como o cumprimento das exigências dos órgãos reguladores das atividades realizadas pela empresa.

Como também, engloba o conjunto de normas que devem ser colocadas em prática pelos colaboradores, fornecedores e todos aqueles que de alguma forma fazem parte das operações da empresa.

O Compliance vai muito além de apenas seguir regras temendo punições legais, mas sim de agir em conformidade, visando o bom relacionamento e o crescimento da empresa da maneira ideal.

Como surgiu o Compliance?


O Compliance nem sempre representou a ideia que vemos hoje em dia.
Na década de setenta, surgiu nos Estados Unidos a Lei anticorrupção transnacional, a Foreing Corrupt Practies Act (FCPA).

A lei passou a punir empresas que se envolviam em casos de corrupção fora do país, entretanto, mesmo com a lei em vigor, passaram a surgir outros casos envolvendo também o governo.

Devido aos acontecimentos, instituições passaram a implantar o programa de Compliance – visto apenas como forma de obrigar o cumprimento de leis, sem contar os benefícios na empresa – para minimizar os riscos de acontecimentos semelhantes.

Já no Brasil, o Compliance chegou tarde, mais precisamente em 1992 através da Associação Brasileira de Bancos Internacionais (ABBI), momento em que o país trabalhava na luta contra a corrupção.

Posteriormente, surgiu a Lei Anticorrupção de nº 12.846/2013, para responsabilizar empresas por atos contra a Administração Pública, nacional ou estrangeira.

Por isso, após essa lei o Compliance passou a ser aprimorado e deixou de ser visto apenas como forma de obrigar o cumprimento da mesma.

Qual o objetivo?


Juntamente ao seguimento da Lei, o Compliance tem como objetivo dentro de uma empresa incentivar o bom comportamento.

Por isso, a importância do seguimento das leis internas e externas, e a ética nas operações, que garantirão o alcance do propósito.

Atributos esses que interferem diretamente na imagem da empresa, produtividade e crescimento.

Sendo visto também como um diferencial, garantindo prevenção e seguridade aos clientes.


Além de entender o que é o Compliance, você deve estar se perguntando se sua empresa deve implantá-lo.

O próximo tópico responderá a sua pergunta! 😉


Quais os benefícios da implantação de uma política de Compliance?


A sua empresa não é obrigada a aplicar uma política de Compliance, mas seguir as leis, sim!

Entretanto, você precisa saber que unir o útil ao agradável dará bons frutos ao seu negócio:

  • Diminui os riscos de punições legais e os efeitos negativos disso na imagem da empresa;
  • A imagem da empresa é mais positiva para a sociedade e membros internos, torna-a atrativa aos colaboradores e para os que almejam estar nela.
  • Uma empresa Compliance dedica-se mais ao que é correto e seguro, um grande atrativo aos clientes.
  • Ser mais criterioso nos processos otimiza seu tempo gasto, anula a chance de ter que refazer serviços, além de garantir conformidade legal.


Como implantar?


Em suma, mesmo parecendo coisa de outro mundo, itens simples farão seu negócio ser mais comprometido com os objetivos acima:

  • Seguir as leis impostas para seu negócio é o principal;
  • Designar a função de cada profissional, de modo a otimizar o desempenho e o atendimento ao cliente;
  • Elaborar documentos com normas ou itens de conduta no ambiente interno, bem como de outras pessoas relacionadas a empresa;
  • Analisar processos visando identificar prováveis falhas, de modo a serem corrigidas, favorecendo todo o processo e a utilização do cliente;
  • Estabelecer períodos de análise do seguimento das normas, garantindo que a empresa esteja correta e prevenindo erros;
  • Criar meios de comunicação dentro e fora da empresa, seja para dúvidas ou denúncias.

www.onbusca.com

Agora que você já sabe o que é Compliance, que tal conhecer outros conteúdos?

Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Nathalia Andrade (análise de dados).

Share
Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Nathalia Andrade (análise de dados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *