Churn: aprenda a reduzir a taxa de cancelamento da sua empresa

Todas as empresas se preocupam com a taxa de cancelamento, mas nem sempre sabem o que fazer para reter clientes. As organizações precisam mais do que saber fazer um negócio, mas também retê-los. O Churn Rate pode te ajudar nesta tarefa.

Para não te deixar perdido, vamos te adiantar o que significa o termo. Em resumo, o Churn Rate é justamente esta taxa de cancelamento na base de clientes de uma empresa.

Esta métrica avalia o sucesso do seu negócio, mostrando quantos clientes ou receita foram perdidos em determinado tempo. Para descobrir a taxa da sua empresa, é preciso fazer uma conta simples.

Neste artigo, vamos te ensinar a calcular o Churn Rate e explicar mais detalhadamente o que ele significa. Além disso, vamos destacar seus pontos positivos e mostrar como diminuir o Churn. Tudo isso para você reverter o problema do cancelamento e aumentar os seus lucros! Continue lendo!

Afinal, o que é Churn?

Para começar, podemos traduzir o Churn como “movimentação”. É uma ideia que remete a rotatividade, ao retorno dos clientes.

Assim, este Churn acaba indicando exatamente o número de clientes que cancelaram o seu serviço, e consecutivamente, não retornaram. Esta métrica corporativa é muito aplicada em empresas de SaaS (Software as a Service), pois elas trabalham com assinaturas.

Quando você busca medir esta taxa, o nome da métrica é Churn Rate. Por meio dela você descobre o número da evasão de clientes em determinado período de tempo. Ela impacta diretamente no faturamento, já que com menos clientes, você terá menos lucros.

Por que calcular o Churn Rate?

Calculando a permanência do cliente, você pode tentar entender o porquê há cancelamentos. Para quem busca sucesso ao longo prazo, calcular o Churn Rate é fundamental.

Desta forma, entendendo o motivo dos cancelamentos, você pode realizar melhores processos e desenvolver um plano eficiente para acabar com as saídas. Mas o que preciso fazer para calcular o Churn Rate?

Esta conta é realizada anualmente, mensal ou semestral. Por exemplo: você começou o mês com 100 clientes, mas terminou com 90. Ou seja, perdeu 10 durante este tempo. A conta fica assim:

Churn Rate: 10 (clientes perdidos)/100 (clientes do início do mês) x 100. A taxa de Churn resulta em 10%.

Dicas para diminuir o cancelamento

O sonho de quem sabe o que é Churn, é tê-lo zerado. Mas, infelizmente não é possível ter uma taxa que seja totalmente estável, que não sofra nenhuma mudança. Mesmo assim, o ideal é manter a taxa o mais baixo que conseguir.

Muitos podem ser os motivos para o cancelamento. Desde falta de dinheiro para mensalidades, o serviço não estar atendendo as expectativas, escolher a concorrência, e outras. De qualquer forma, temos algumas dicas para diminuir o cancelamento:

  • Tente entender o motivo do cancelamento;
  • Alinhe expectativas, descubra o que o seu cliente espera;
  • Entregue o melhor serviço;
  • Tenha um suporte de qualidade;
  • Interaja com o seu cliente.

Como vimos anteriormente, o Churn indica a taxa de clientes que cancelaram o seu produto ou serviço. Esta métrica funciona para ajudar a identificar o quanto a empresa perdeu e também entender o motivo da evasão. Todas as empresas precisam calcular para reverter o problema e aumentar os seus lucros.

Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Giovanna Concon (análise de redes sociais).

Share
Marketing

Criada em 2016, a equipe de marketing da Online Applications produz conteúdos para os blogs Onbusca e OnlineApp. A equipe é formada por Daniel Peres (coordenador), Gustavo Fernandes e Ruth Silva (design), Larissa Silva e Livia Silva (produção de conteúdo) e Giovanna Concon (análise de redes sociais).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *